Seguidores

sábado

Bonecas de porcelana.

                    Reprodução/Daily Mail

As meninas Amy e Ava Cowan fraturaram 12 ossos na primeira semana de vida.
 As gêmeas Amy e Ava Cowan, de cinco meses, nasceram com osteogenesis Imperfecta — doença genética que tem como principal característica a fragilidade dos ossos.
A doença das gêmeas pode resultar em centenas de fraturas ao longo da vida, por isso os pais Charmaine e John precisam ter cuidado redobrado com as pequenas Amy e Ava. Segundo eles, por muito pouco seus ossos quebram.

 
                       Reprodução/Daily Mail


Em entrevista ao jornal Daily Mail, a mãe das meninas Charmaine, de 29 anos, disse: “Em uma das primeiras radiografias, os médicos disseram que elas tinham 12 ossos quebrados. Eu simplesmente não acreditei” 
 Charmaine descobriu que suas filhas nasceriam com problemas de saúde quando tinha 23 semanas de gravidez. Os médicos a aconselharam a fazer um aborto, mas ela se recusou. “Era impossível planejar o funeral das minhas meninas” 
 No dia 25 de junho de 2012, Charmaine foi obrigada a fazer uma cesariana de emergência. Com apenas 11 dias de vida, o diagnóstico de osteogenesis imperfecta foi confirmado. “Elas não paravam de chorar”, lembra a mãe 
 “Um dia estava no banho com Ava quando senti que ela ficou mole. Fiquei desesperada e gritei imediatamente para o meu marido. Ela havia quebrado o braço. Pouco depois, a irmã Amy quebrou a perna por se contorcer no berço”, conta a mãe.
 Por não saber lidar com a situação, Charmaine e seu marido foram orientados a procurar um terapeuta ocupacional. O profissional explicou como eles deveriam cuidar das gêmeas Amy e Ava

                     Reprodução/Daily Mail

O casal ainda tem outros três filhos: Sophia, de 4 anos, Kaelan, de 2 anos, e Airan, de 1 ano. Mesmo com todas as dificuldades que a família vai enfrentar pela frente, Charmaine garante: “Eu me preocupo com o que o futuro nos reserva, mas nunca vou me arrepender de ter negado o aborto”

Fonte:R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma mensagem!

Nome

E-mail *

Mensagem *