Seguidores

quinta-feira

Menina com "ossos de vidro" é abandonada pelo pai e desabafa: "Por que você finge que não existo?"

Letícia foi abandonada pelo pai, ainda no ventre, quando a doença foi diagnosticada.

Letícia Barbosa Vasconcelos tem apenas sete anos e sofre com osteogênese, conhecida como "ossos de vidro". A menina mora em Feira de Santana, município localizado a 107 km de Salvador, com a avó, a mãe e duas irmãs. A doença da criança foi descoberta ainda no ventre e ela foi abandonada pelo pai .
A menina disse que não tem contato com a família do pai e afirmou que eles têm vergonha dela.  A criança disse que o pai não liga nos aniversários e não aparece nas apresentações da escola.  Letícia gosta de expressar seus sentimentos na escrita e, em uma carta destinada ao pai, a menina desabafa.— Por que você finge que eu não existo? Eu te amava tanto, mas já não amo mais. Estou muito triste
A menina disse que não tem contato com a família do pai e afirmou que eles têm vergonha dela.  A criança disse que o pai não liga nos aniversários e não aparece nas apresentações da escola.  Letícia gosta de expressar seus sentimentos na escrita e, em uma carta destinada ao pai, a menina desabafa.
— Por que você finge que eu não existo? Eu te amava tanto, mas já não amo mais. Estou muito triste
Ela contou que a mãe é sua paixão e também escreveu uma carta de agradecimento para a avó.
— Eu sei que a senhora está lutando para alimentar os seus filhos e os netos
A menina, que quer se tornar médica para ajudar os doentes, tem dois sonhos: andar e conhecer o apresentador do Balanço Geral Tarde, da Record Bahia, José Eduardo.
Ela contou que a mãe é sua paixão e também escreveu uma carta de agradecimento para a avó.— Eu sei que a senhora está lutando para alimentar os seus filhos e os netos
Letícia disse que o médico que a acompanha a encaminhou para Salvador para fazer uma cirurgia nos braços e nas pernas, mas, afirmou que o problema é a coluna que não a deixa ficar em pé. A menina precisa de tratamento com um especialista para saber se vai poder andar.

Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma mensagem!

Nome

E-mail *

Mensagem *