Seguidores

sexta-feira

Shirley: 6 coisas que você não sabe sobre mim.


[Shic4a.jpg]


- Nasci de uma cesárea, há quase exatos 43 anos atrás, sendo a filha do meio de uma família de 4 filhos: 3 meninas e 1 menino.
- Nasci já carregando uma doença chamada Osteogênese Imperfeita, que prejudica a formação dos ossos do corpo inteiro. Até meus 18 anos convivi em razoável harmonia com a dita, tirando as várias vezes que fui hospitalizada pra emendar ossos e lá ficava por 3, 4 meses – um saquinho! Mas também era divertido, eu ganhava muitos gibis, nos hospitais a ala infantil era super dinâmica e quem podia se locomover conseguia viver bons momentos com o restante da criançada. Depois dos 18 a coisa foi degringolando e eu comecei a sentir muitas dores na coluna (do pescoço ao cóccix, tudo é permitido! rs) e assim vou indo, pois a doença é degenerativa e evolutiva. Celavi!
- Nasci canhota, e assim fui até meus 6, 7 anos. Até que mamãe me colocou em uma aula de reforço (Matemática sempre foi os meus pecados!) e a professora, que era, se bem me lembro, Testemunha de Jeová, ficou horrorizada com a situação e, alegando que os canhotos tinham parte com o demo, me obrigou a aprender a escrever com a direita. Foi meio caótico, mas no final um saldo positivo: hoje escrevo com as duas mãos, além de outras pequenas tarefas (cortar e pintar as unhas, pintar, bordar, até abrir latas eu consigo com a esquerda e com a direita).
- Casei aos 21 anos e tenho um filho de 22 anos.
- Aos 6 anos eu quase morri afogada. Foi assim: meu avô, que era juiz, tinha um cartório no interior e pra lá íamos sempre que dava, era muito bom, às magens de um lago. Mas o lugar também sofria com as inundações. A casa onde ficávamos tinha pernas compridas (por motivos óbvios – as cheias) e uma escada também muito comprida. Um dia, durante a cheia, eu achei que seria legal pegar um saco plástico (maior do que eu) e enchê-lo com água e assim fui descendo, um a um, os degraus da escada alagada, até que não consegui mais suportar o peso do saco e caí. A correnteza era forte e me pegou de jeito, lembro perfeitamente quando passei por baixo do assoalho da casa e depois mais nada. Acordei ouvindo a história que meu tio, que tinha acabado de chegar, ouviu os gritos de minha vó: “Olha lá a Shirley, deitada no meio das canaranas!” Meu tio não pensou duas vezes: se jogou na água e me pescou (literalmente!). Depois lembro minha mãe me passando talquinho depois do banho forçado. Acho que por isso nunca mais na vida quis saber de passar no corpo" :-S
- Meu hobby é coisa de doido: montar quebra-cabeças. De preferência de 3000 peças pra cima. Monto e depois desmonto pra algum dia montar novamente. Tenho uns 10 aqui guardados, uns já montados e outros inéditos, só esperando um período de férias pra finalmente saírem da caixa direto pruma mesa.
Enfim, é isso! Ô vidinha desinteressante essa minha, hein? :-D

Blog Graficulando

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma mensagem!

Nome

E-mail *

Mensagem *